SC conquista sua sexta Indicação Geográfica, da Maçã Fuji da Região de São Joaquim

SC conquista sua sexta Indicação Geográfica, da Maçã Fuji da Região de São Joaquim

Categoria: Indicações Geográficas, Materia

A Maçã Fuji da Região de São Joaquim é a sexta Indicação Geográfica (IG) conquistada por Santa Catarina. A certificação, na categoria de Denominação de Origem (DO), foi anunciada nessa terça-feira, 3, pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e abrange uma área de 4.928 km² nos municípios de São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Urupema, Urubici e Painel.

Uma IG atesta que um produto só tem aquelas características porque é produzido de determinada forma, ou porque tem notoriedade na produção. A Denominação de Origem parte do pressuposto de que as características geográficas (naturais e humanas) dessa região determinam a singularidade e a qualidade do produto. A conquista é resultado de uma parceria desenvolvida pela Epagri, Sebrae, UFSC, com apoio de produtores locais e de outras instituições, como a Cidasc, por exemplo. A solicitação foi apresentada ao INPI pela Associação de Produtores de Maçã e Pera de SC (Amap).

A maçã Fuji produzida na região de São Joaquim destaca-se por suas características únicas de cor, formato e sabor, entre outras. Por isso, ela foi objeto de pedido de IG. A elevada altitude da região delimitada pela IG (acima de 1100 metros) é fator determinante para essas diferenciações.

Maça Fuji

SC conquista sua sexta Indicação Geográfica, da Maçã Fuji da Região de São Joaquim 1

Maça Fuji

SC conquista sua sexta Indicação Geográfica, da Maçã Fuji da Região de São Joaquim 2

Compartilhe esta postagem

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?