Seminário de Indicação Geográfica (IG) e entrega do dossiê final para solicitação da Indicação Geográfica do Queijo Artesanal Serrano

Seminário de Indicação Geográfica (IG) e entrega do dossiê final para solicitação da Indicação Geográfica do Queijo Artesanal Serrano

Categoria: Indicações Geográficas, Lages, Materia

O processo para obtenção da Indicação Geográfica (IG) do Queijo Artesanal Serrano (QAS) entra em sua fase final nesta semana. Na sexta-feira (4), haverá em Lages o Seminário de Indicação Geográfica, quando será entregue ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) o dossiê que reúne toda a documentação, que vai embasar a avaliação da instituição sobre concessão ou não da indicação.

A Indicação Geográfica é uma forma de valorização do produto de uma região ou território, cuja procedência adquiriu notoriedade em decorrência do modo de fazer, das características ambientais locais e outros fatores. O champanhe é um exemplo clássico de IG. No caso do QAS, produtores e suas associações definiram por solicitar uma IG na modalidade de Denominação de Origem (DO). Caso seja concedida pelo INPI, essa será a primeira certificação desta natureza para queijos do Brasil.

Fotos: Fom Conradi

Compartilhe esta postagem

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?